Exercícios físicos para saúde do seu cérebro


"O exercício físico é importante não só para saúde do seu corpo, também ajuda o seu cérebro a ficar afiado .

Seu cérebro não é diferente do resto dos músculos do seu corpo - você quer usá-lo ou perdê-lo?

Você utiliza a atividade física para estimular o crescimento de células musculares , assim como você usa um programa de aptidão do cérebro para aumentar as conexões em seu cérebro. Mas você pode realmente ter um impulso adicional, vestindo seu tênis e praticando exercícios.


Os benefícios dos exercícios físicos, especialmente exercícios aeróbicos, têm efeitos positivos sobre a função cerebral de várias formas, que vão desde o crescimento molecular ao nível comportamental.


De acordo com um estudo feito pelo Departamento de Ciência do Exercício na Universidade da Georgia, mesmo que seja por 20 minutos, exercitar-se facilita o processamento de informações e funções de memória.


Exercícios físicos afetam o cérebro em várias frentes. Eles aumentam a taxa de coração, que bombeia mais oxigênio para o cérebro. Também ajuda a liberar hormonios que auxiliam a criar um ambiente nutritivo para o crescimento de células do cérebro.


O exercício estimula a plasticidade do cérebro, o crescimento de novas conexões entre as células em um vasto leque de importantes áreas corticais. Uma pesquisa recente da UCLA explica que o exercício fisico facilita as novas conexões neurais.


Do ponto de vista comportamental , os efeitos semelhantes a antidepressivos estão associados a queda dos hormonios responsáveis pelo stress . Um estudo de Estocolmo demonstra que o efeito antidepressivo também foi associado ao crescimento celular no hipocampo, uma área do cérebro responsável para a aprendizagem e pela memória.


O hipocampo, uma área do cérebro intimamente ligada à aprendizagem e memória, é especialmente receptivo a um novo crescimento neuronal em resposta a exercícios de resistência. Exatamente como e porque isso acontece não foi bem compreendida até recentemente. A investigação descobriu que o exercício estimula a produção de uma proteína chamada FNDC5 que é liberado na corrente sanguínea, enquanto nos exercitamos. Ao longo do tempo, FNDC5 estimula a produção de outra proteína no cérebro chamada Neurotrófico Derivado do Cérebro Factor (BDNF), que por sua vez estimula o crescimento de novos nervos e sinapses - os pontos de ligação entre os nervos - e também preserva a sobrevivência de células do cérebro existentes.

Na prática o exercício de resistência regular, como movimentar-se, fortalece e cresce seu cérebro. Em particular, a sua memória e capacidade de aprender. Assim como outros benefícios dos exercícios físicos, como a melhoria da saúde do coração.


Agora, pesquisadores do Instituto de Câncer Dana-Farber em Harvard Medical School (HMS) também descobriram que pode ser possível capturar estes benefícios em uma pílula. A mesma proteína que estimula o crescimento do cérebro através de exercício poderia potencialmente ser engarrafada e dada a pacientes que apresentam declínio cognitivo, incluindo aqueles nos estágios iniciais da doença de Alzheimer e de Parkinson.


No novo estudo, a equipe de pesquisa aumenta artificialmente BDNF no cérebro de ratos usando um vírus inofensivo para pegar carona FNDC5 moléculas através da corrente sanguínea dos ratinhos. Após sete dias, os investigadores encontraram um aumento significativo na área de BDNF no hipocampo do cérebro dos ratos - a área do cérebro importante para a memória e aprendizagem.”


Nós da Fisio&Quality recomendamos que você descubra uma atividade física que lhe agrade, consulte seu médico e comece a praticar!


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Nenhum tag.
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square